anuncie Sup Fixo   anuncie Sup Fixo direito
 
 
Busca:  

Fale Conosco
 
     
TOPCINEPLEX
PAULÍNIA
Paulínia tem 2º dia consecutivo sem ônibus e transporte escolar
Sem pagamento de salários, funcionários de 2 empresas estão parados. Uma das empresas voltou ao trabalho após pagamento dos motoristas.

Pelo segundo dia consecutivo, moradores de Paulínia (SP) ficaram sem parte do transporte coletivo e o escolar. A paralisação é devido à falta de pagamento de salários para motoristas e cobradores de duas empresas, a LLC e a Passaredo, que não comentaram a paralisação.

O sindicato dos trabalhadores informou à EPTV, afiliada da TV Globo, que as empresas alegaram não ter recebido os repasses da Prefeitura. A administração nega esta informação e ressalta que as empresas podem ser multadas ou ter o contrato cancelado.

O terminal de embarque e desembarque ficou praticamente vazio nesta manhã de quinta-feira (10).

A diarista Francisca Bessa no terminal de Paulínia   (Foto: Reprodução EPTV)A diarista Francisca Bessa no terminal de Paulínia
(Foto: Reprodução EPTV)

A diarista Francisca Bessa, de Cosmópolis (SP), chegou ao terminal e disse desconhecer a paralisação, por ser de outra cidade.

saiba mais

“Cheguei aqui por volta das 7h10 e não tem ônibus. Agora vou ter que voltar para Cosmópolis”, lamenta a diarista que visita Paulínia uma vez por semana para trabalhar.

No primeiro dia de paralisação, na quarta-feira (9), 30 mil passageiros e 20 mil crianças e adolescentes, do transporte escolar, foram afetados.

No período da tarde, os funcionários da Sancetur voltaram ao trabalho, já que os salários foram pagos. Já motoristas e cobradores da Viação Passaredo e LLC Transportes decidiram manter a paralisação das atividades até que os vencimentos sejam quitados, informou o sindicato da categoria.

 

 

VoltarVoltar
   
A1 paulinia
                 
A11 Anuncie Aqui   A10
Todos os direitos reservados 2009 - 2017 - Desenvolvido por FreelancerPHP - Desenvolvimento de Sistemas WEB