anuncie Sup Fixo   anuncie Sup Fixo direito
 
 
Busca:  

Fale Conosco
 
     
TOPCINEPLEX
REGIÃO
Falta de merenda obriga aluno a levar marmita para escola em Monte Mor

O fim do convênio da Prefeitura de Monte Mor com o governo de São Paulo deixou alunos das escolas estaduais sem merenda. Em vez do arroz e feijão, os estudantes têm se alimentado apenas com bolhacha, suco ou achocolatado. A mudança desagradou pais e alunos, que precisam agora levar marmita junto dos livros e cadernos.

"Agora está repetitivo, não tem almoço mais. No intervalo, tem leite e bolacha. Para quem estuda o dia inteiro é difícil, tem que trazer de casa. A gente espera que melhore, mas não deram previsão", disse a estudante Natália Schiovon, de 17 anos.

Josuel Alves contou que a filha passou mal no primeiro dia de aula sem a merenda. "Ela chegou com muita fome. Uma criança não entende que é o governo municipal ou estadual que vá fornecer o alimento. Eles querem é saber do alimento", argumentou.

Emillay Alves, de 15 anos, reclama da comida oferecida. "Estudar, estudar e não ter um lanchinho. Só um suquinho, parecendo água, com uma bolacha, é ruim só isso". Para não deixar a estudante com fome, a mãe, Elisandra, capricha na marmita. "Logo às 8 horas da manhã tenho que fazer o almoço dela", conta.

Responsabilidade do Estado
A merenda nas escolas estaduais é responsabilidade do Governo do Estado. O abastecimento das unidades de ensino pode ocorrer de duas maneiras: quando o próprio estado fornece ou por meio de convênios com as prefeituras, que recebem os valores e ficam responsáveis pelo repasse.

Em Monte Mor, até o ano passado o abastecimento das escolas era feito por convênio, mas a administração alega que era necessário complementar o valor que era repassado. Em novembro de 2016, a prefeitura notificou que não tinha mais como arcar com os custos, e a responsabilidade da merenda voltou para o Estado.

Em nota, a Secretaria de Educação do Estado disse que só está fornecendo a chamada "merenda seca" porque, com o fim do convênio, tiveram de começar uma licitação para contratar merendeiras. Não há prazo para a solução do problema.

Pais precisam preparar marmita para os alunos (Foto: Márcio Silveira/EPTV)Pais precisam preparar marmita para os alunos (Foto: Márcio Silveira/EPTV)

VoltarVoltar
   
A1 regiao
                 
A11 Anuncie Aqui   A10
Todos os direitos reservados 2009 - 2017 - Desenvolvido por FreelancerPHP - Desenvolvimento de Sistemas WEB